quinta-feira, 28 de julho de 2011

" Noiva sem calcinha é satanás na cabecinha e vagina careca é o diabo na boneca " , afirma padre.

Quando a noiva entrou na igreja da paróquia Sagrada Família, de Maceió (AL), o padre Jonas Mourinho, 68, já se sentiu incomodado. A professora Enislene Alcântara, 25, estava com um vestido com um longo decote nas costas.

Minutos depois, o padre surpreendeu os noivos e os 230 convidados. Parou a cerimônia, chamou  uma auxiliar - a ministra da eucaristia - e pediu que  Enislene acompanhasse a religiosa até um aposento da igreja para uma revista básica.

O padre avisou ao noivo que a revista era necessária pois ele suspeitava que a noiva, além do decote, não usada roupa intima! E sem calcinha, não tinha casamento.

Burburinho na igreja, saia justa no altar. Longos minutos se passaram enquanto a enviada do padre dava uma geral no noiva. E quando voltou vaticinou: Tá sem calçola padre.

- Então, pronto! Não caso!

O padre já foi logo comunicando aos pais da noiva, padrinhos e a tropa no altar que daquele jeito, não haveria casamento. O burburinho aumentou, teve riso, teve choro, um fuzuê danado, mas Mourinho avisou aos convidados que a cerimônia não seria realizada porque a “noiva não estava respeitando o altar sagrado”.

Foi quando a ministra da eucaristia completou:  

- E tem mais seu padre, a piriquita da noiva não tem pena não!

"Como é minha irmã?" , disse um padrinho.

- Pois, estão padre,  é igual a bumbum de nenê. Tudo raspadinho, lisinho!

- "Careca?" , perguntou o padre aos berros.

Enislene protestou, o noivo ensaiou uma defesa, mas os padrinhos caíram na gargalhada e o padre já improvisou um sermão: “Os pêlos pubianos marcam a transição entre a infância e a vida adulta, portanto retirá-los seria realizar um apelo pedófilo para a prática sexual”.

Foi um rebu na paróquia!

Depois, a amigos, Enislene disse que estava, sim, sem calcinha e que o padre não tinha nada com isso. Argumentou que, se ele notou, é porque “estava pensando em ‘taradice” com ela, “em vez de celebrar o casamento”.

O padre não respondeu à noiva, mas mandou colocar nas apostilas do curso de noivas os avisos: ‘noiva sem calcinha é satanás na cabecinha’ e ‘vagina careca é o diabo na boneca’.
O episódio ocorreu ao final do mês passado. Os pastores podem respirar aliviados. Enislene   anunciou que o casamento será realizado em um terreiro de umbanda, em homenagem à religião dos pais do noivo.

Cá entre nós, está noiva teve até sorte. Se fosse numa neopentecostal além do vexame ia ser desencapetada no dia do casamento:  

- Sai exu pomba gira! Arreda espirito de Marcelo Tás!



Com informações de  Paulo Lopes, do portal NE10, Robson Pires , entre outros e Genizah


Nenhum comentário:

Postar um comentário