sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Ateísmo perde 300 adeptos por dia, aponta pesquisa de entidade cristã

     O secularismo tem avançado na Europa Ocidental, mas se restringe a essa região porque as religiões continuam se expandido nos demais países, tanto que de 2000 a 2011 o ateísmo perdeu em média 300 adeptos por dia e o grupo de pessoas não religiosas diminuiu 700. É o que mostra o estudo anual Status of Global Missions, do International Bulletin of Missionary Research, que é mantido por cristãos missionários.
    Pelo estudo, em meados de 2000 os ateus eram 138.925.000, caindo em meados de 2011 para 137.555.000. Na projeção para 2025, o número de descrentes será menor ainda, de 133.631.000.
      O site católico Religion en Libertad recuperou dados de 1970 da Bulletin of Missionary para apontar que em 41 anos o ateísmo perdeu 28 milhões de adeptos, embora houvesse, no mesmo período, crescimento de mais de 100 milhões de pessoas não religiosas.
     A explicação, segundo o site, é a queda de regimes comunistas cuja população tida como de ateus passou a ser de não religiosos.
     O Status of Global Missions mostra que de 2000 a 2011 todas as religiões cresceram, destacando-se as cristãs, que obtiveram no período a média diária de 83 mil novos fiéis, passando de 1,997 bilhão para 2,306 bilhões. Essa expansão deveu-se sobretudo às religiões evangélicas.
     Em segundo lugar, está o Islã, que conseguiu a média de 79 mil devotos por dia, crescendo no período de 1,294 bilhão para 1,578 bilhão.

Estudo aponta crescimento de todas as crenças  

Nenhum comentário:

Postar um comentário