segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Grupo grava primeiro CD dentro de cadeia em SC


Grupo grava primeiro CD dentro de cadeia em SC Eles cumprem pena pelo mesmo crime (roubo), respondem no Presídio Santa Augusta em Criciúma e nunca tiveram contato profissionalmente com a música. O que os reeducandos I.A.M., 27 anos, A.R.A., 26 anos, e D.V.M., 28 anos, têm em comum? A vontade de se ressocializar por meio da música.
Eles fazem parte do primeiro grupo de rap gospel a gravar um CD dentro de um sistema prisional em Santa Catarina.
E o primeiro trabalho do trio, chamado de Impacto Real, já está pronto, e leva o nome de Mundo dos Muros. Composto por letras que falam do sistema, saudade, preconceito, dia de visita, drogas e oportunidades, o Impacto Real já fez a primeira apresentação sendo ovacionado. O trio se apresentou na quinta-feira passada na Unesc, onde foi aplaudido de pé.
Com a iniciativa da Justiça Federal, Unesc, Departamento de Administração Prisional (Deap) e Presídio Santa Augusta, o projeto Comunicasom, coordenado pelo assistente social, Daniel Souza Paes, foi possível tornar o Impacto, realidade. “Por trás de um detento que tem algemas, existe um ser humano que precisa de uma chance”, diz A.. A união começou atrás das grades. Antes disso, nenhum deles tinha contato, nem pessoal e nem com a música. Por meio de um violão o trio começou a formar as primeiras letras, dentro da cadeia mesmo. Foram questões de dias para que uma sala no presídio se transformasse em estúdio, resultando em 15 dias de oficina, mais de 60 horas de gravações e nove faixas gravadas.
Algumas faixas podem ser ouvidas no blog do projeto.

Notícias Cristãs com informações do A Tribuna

Nenhum comentário:

Postar um comentário