sábado, 19 de novembro de 2011

Papa Bento XVI demonstra preocupação com o crescimento de evangélicos na América Latina


 


    Enquanto viajava rumo a África ocidental o Papa Bento XVI declarou aos jornalista nesta sexta-feira, 18, que está preocupado com o auge das igrejas evangélicas na América Latina e também na África. O pontífice que aponta o crescimento das igrejas protestantes é fruto da mensagem aparentemente compreensiva que consiste no “sincretismo de religiões”.
    Para tentar barrar o crescimento dessas igrejas a sugestão do líder do Vaticano é fazer com que a Igreja Católica ofereça uma mensagem simples, profunda e compreensível.  Bento XVI disse também que é muito importante que o cristianismo não se conceba como um sistema difícil, e tenha uma mensagem universal.
   Para evitar que os católicos continuem migrando para igrejas evangélicas a proposta é fazer com a Igreja Católica adote mensagens mais “simples, profunda e compreensível”. Apesar de assumir que as igrejas evangélicas realmente estão arrebanhando seus fiéis, o Papa diz que o discurso dessas igrejas “garante um êxito, mas também resulta em pouca estabilidade”, pois os dados do Vaticano apontam que muitas pessoas voltam à Igreja Católica e outras migram para igrejas pentecostais.
   Durante a entrevista o pontífice também falou acerca de sua visita ao continente africano dizendo que nesses três dias que estará em Benin vai exigir  reconciliação, justiça e paz nas guerras que ainda existem na África. “Muitas vezes as palavras foram maiores que as intenções, que a vontade de realizar esses acordos”, disse.

Com informações Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário