sábado, 5 de novembro de 2011

Psicóloga Marisa Lobo é criticada em site gay



A Psicóloga Cristã, Marisa Lobo, passou a ser alvo de militantes gays. Após entrevista concedida ao jornal Gospel Prime, em que afirma estar sofrendo perseguição por se declarar uma “psicóloga cristã” e por ter se levantado contra o que chamou de “partidarismo” do Conselho Federal de Psicologia, Marisa virou alvo de duras críticas.
O portal Gay1, um dos principais sites de notícias direcionadas ao publico gay, publicou nesta sexta-feira, 04, um texto abordando os comentários de Marisa no Twitter. O autor diz que a psicóloga usou seus conhecimentos para alegar que o homossexualismo é uma desorientação e que estaria falando como profissional e não como cristã.
“Enfim, uma
O autor também ataca o cristianismo ao alegar “como é de se esperar está sempre vivendo em função de honrar a glória divina”, referindo-se aos comentários bíblicos que a psicóloga faz em seu twitter. profissional aparentemente bem instruída, usou todo seu currículo para afirmar que o “homossexualismo” (sim ISMO, com o pós fixo que denomina de DOENÇA) é uma desorientação sexual”, escreveu o autor, em tom de deboche.
A psicóloga fez referencia as criticas em sua página no twitter e chegou a questionar o pastor Silas Malafaia sobre a defesa de ambos.
O autor do texto alega que como psicóloga Marisa não pode opinar nestes assuntos, a mesma alegação que fazem aos comentários do pastor Silas Malafaia, psicólogo que está respondendo um processo de cassação de seu registro.
“Ao decorrer dos posts e das discussões Marisa defende seu ponto de vista, usando DEUS e afirmando que nós gays criamos a homofobia, que ela não existe, e que nossa luta por direitos não podem privar ela de falar de Jesus. Sim esse Jesus homofóbico que muitos crentes acreditam ser”, comentou o autor.
A psicóloga disse em entrevista ao ser questionada sobre uma perseguição, que se sente muito perseguida e, na sua conta no twitter ela questionou sobre o direito de opinar.

Marisa também definiu os acontecimentos como evangelicofobia, termo atribuído ao escritor, pastor Ciro Zibordi. Ela faz referencia ao pastor em um comentário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário