sábado, 5 de novembro de 2011

Quando Deus separou o dia da noite?

por Austin Cline, do About.com
Gênesis tem afirmações contraditórias sobre a criação da luz e da separação do dia da noite. Primeiro diz que Deus criou a luz, fazendo a separação entre esta e as trevas. Mas depois, somente no quarto dia, Ele  criou o sol, que para nós é a fonte da luz. Então, quando Deus realmente separou o claro do escuro?


Está em Gênesis 1:3-5: “No princípio criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz; e houve luz. E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro”.
A contradição vem logo sem seguida, em Gênesis 1: 14-19: “E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra, E para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom. E foi a tarde e a manhã, o dia quarto”.

Trata-se de uma inconsistência bíblica, entre tantas outras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário