quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Campanha “Natal começa com Cristo” tenta eliminar o consumismo durante as festas


C


Em vésperas de Natal, muitas organizações cristãs falam sobre como se deve evitar o excesso de comercialização e exortam as pessoas a lembrar que Jesus é a razão das festas natalinas. O pôster deste ano da Churchads.net  retrata um presépio com vários itens de luxo e roupas da moda. Todos os personagens típicos de um presépio vestem roupas modernas.
A Virgem Maria é representada por uma modelo que lembra a atriz Gwyneth Paltrow e um dos “reis magos” traz nas mãos a réplica da caveira cravejada de diamantes, criada por Damien Hirst e avaliada em US$ 100 milhões. No entanto, o bebê Jesus permanece no centro da imagem e do slogan diz: “Não importa como você se veste… Natal começa com Cristo”.
Durante o lançamento da campanha, o arcebispo da região de York, John Sentamu, disse: “Natal começa com Cristo! Esta é a mensagem que espero ver nossas congregações em todo o país compartilharem com seus vizinhos e amigos… O cartaz é uma maneira de mostrar que Cristo é o centro da história para todas as pessoas”.
Churchads.net é uma instituição de caridade composto de grandes organizações cristãs, incluindo a Aliança Evangélica. No ano passado, sua campanha atingiu cerca de 30 milhões de pessoas. Este ano, a campanha publicitária no Reino Unido pode ser vistas em grandes jornais e programas de rádio do país. A mensagem está sendo repetida por diferentes organizações  cristãos, incluindo igrejas.
Durante uma entrevista, Reg Bailey, diretor-presidente da União das Mães e conselheiro sobre a infância do primeiro-ministro inglês, David Cameron, disse acreditar que as pressões comerciais, especialmente sobre os pais, prejudicam a celebração do Natal. Ele disse: “Vamos reduzir a ansiedade e estresse para os pais, pois este é um momento em que as pessoas estão em dificuldades financeiras. Não queremos que as pessoas de endividem…”
Ele acredita que as crianças devem deixar de ser tratadas como “miniconsumidores”. “É muito triste deixarmos os pais sentindo-se culpados depois do Natal, pois todos estão tentado desesperadamente sobreviver.”
A Associação Cristã de Consultores Financeiros pediu às pessoas para não se endividarem fazendo compras de Natal. Eles afirmam que, todo ano,  cerca de quatro milhões de pessoas no Reino Unido gastam mais do que podem.
“O Natal é doação e generosidade. É uma coisa boa, mas não se trata de usar mal o dinheiro”, diz Robin Stamp, da Associação de Consultores Financeiros Independentes.
A campanha oferece ainda outras maneiras para reforçar a verdadeira mensagem do Natal. “A Experiência de Natal” é um programa permite que as pessoas recebam mensagens por e-mail ou pelo Twitter, recontando a história do nascimento de Jesus em uma websérie. A rádio crsitã Premier irá apresentar em sua programação uma recriação da “Viagem a Belém”. E antes do Natal, dezenas de igrejas e indivíduos se uniram para bater o recorde mundial do maior número de pessoas cantando canções juntos em vários locais.
Com a ajuda da internet,  17.117 pessoas entoaram uma coletânea de músicas natalinas, derrubando a marca anterior de 15 mil pessoas cantando na Disney Land em 2009.
Para saber mais sobre a campanha, visite: www.churchads.net e www.christmasstarts.com

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de EAUK

Nenhum comentário:

Postar um comentário