quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Cristãos de cidade americana ficam furiosos com Papai Noel crucificado



Muita gente não gostou do Jesus-Noel
Mary Zenecki, de Leesburg (EUA), ficou furiosa a ver defronte ao prédio da Justiça da cidade um esqueleto vestido de Papai Noel em uma cruz. Em um golpe, ela o derrubou.

Antes, vária pessoas já tinham ficado indignadas com o que entenderam ser uma ofensa a Jesus e ligaram para a polícia. Brooke Roger foi uma delas. Ele disse ter ficado satisfeito com a retirada dali do Jesus-Noel. “Espero que nenhuma criança tenha visto.”

Jeff Heflin Jr. disse que tinha sido ele o autor do Papai Noel crucificado. Sua intenção, afirmou, foi denunciar o materialismo da sociedade que tem sufocado valores com a bondade e a paz.

Ele informou que tinha autorização da administração do prédio para expor o seu Noel. A Justiça confirmou ter dado permissão a Helflin para o uso da área, mas acrescentou que não sabia que se tratava de uma manifestação anti-Natal.

Noel ficou pouco tempo na cruz
O manifesto de Heflin seria, na verdade, contra a montagem no prédio de um presépio.

Recentemente um grupo de ateus tentou impedir a exposição desse presépio com o argumento de que a Constituição estabelece que o espaço público é laico, não se prestando, portanto, ao uso de nenhuma crença.

Com informação das agências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário