segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Damares: ‘Deus tocou o coração da Globo’

A cantora Damares saudou o público antes dos shows com o gesto do coração

Marco Aurélio Canônico, na Folha de S.Paulo
“Este é um evento histórico”, dizia o animador de palco, tentando inspirar o pequeno público que aguardava o início do festival Promessas, no sábado passado. “Você vai poder dizer que esteve no primeiro evento evangélico que a Globo organizou!”
No palco como na plateia, a visão de que se tratava de um “evento histórico” estava disseminada entre os fiéis -boa parte vinda de municípios da Baixada Fluminense e de subúrbios distantes do Aterro do Flamengo (onde o festival aconteceu).
O baixo quórum não preocupava: todos apostavam na capacidade da emissora líder de disseminar “a palavra de Deus” para uma audiência abrangente.
“É a concretização de um clamor de muitos anos. Vai marcar a história”, disse a pastora e cantora Ludmila Ferber. “É maravilhoso que a Globo tenha abraçado a causa e entendido quão poderosa é a mensagem de Deus.”
Fé à parte, o aspecto comercial da empreitada -para a qual a Globo montou uma grande estrutura de divulgação e de transmissão (14 câmeras de alta definição, gruas, helicóptero)- não escapou aos religiosos.
“A Globo era a única emissora que não abria para os evangélicos. Notou que estava ficando para trás”, disse Erisvaldo Oliveira, 26, fiel da primeira Igreja Batista da Ponte Preta, de Magé (RJ).
“Ela sabe que vai passar a ter muito mais audiência.”
A disputa pelos telespectadores (e pelos ouvintes, já que parte dos artistas tem discos lançados pela Som Livre, gravadora ligada à Globo) era, no entanto, relativizada pelos participantes.
“Eu sei que, a princípio, todo mundo pensa em grana, em ‘business’. É claro que isso existe, nós somos de carne e osso, mas acima disso tudo está o propósito de Deus para esta nação”, disse o cantor Fernandinho, um dos mais aguardados do festival.
Os evangélicos também celebravam o evento como um ponto de inflexão no tratamento dispensado a eles pela emissora carioca.
“A Bíblia diz que todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Deus é o Senhor”, afirmou a enfermeira Janaína Silva, 28, citando um trecho da Carta aos Romanos.
“A Globo fez isso agora porque Deus tocou o coração deles. Era o momento certo, Deus não chega atrasado”, disse a cantora Damares.

foto: G1
2leep.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário