segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Seita islamita assume a autoria do atentado contra igreja na Nigéria


 


Uma seita islamita assumiu ser a autora dos atentados em uma igreja no último dia 24, sábado, em Madalla, cidade nigeriana que fica próximo à capital do país. Nesse atentado organizado pela seita Boko Haram 29 pessoas morreram.
“Somos responsáveis por todos os ataques dos últimos dias, inclusive a bomba na igreja de Madalla”, disse por telefone o porta-voz do gruo, Abul Qaqa.
O Vaticano tem se mostrado bastante preocupado em relação ao aumento das tensões interreligiosas que estão acontecendo na Nigéria. O porta-voz da Igreja Católica, Federico Lombardi, disse em declarações à imprensa que esse ataque foi fruto de um “ódio cego e absurdo”.
“O atentado contra a igreja na Nigéria, precisamente no dia de Natal, manifesta infelizmente mais uma vez um ódio cego e absurdo que não tem nenhum respeito pela vida humana”, declarou Lombardi.
A Nigéria é o sexto maior país do mundo em relação ao número de cristãos e por isso atentados como esse tem chamado tanto a atenção da Santa Sé. Tanto que em novembro passado, quando esteve em Benin, o papa Bento XVI falou muitas vezes sobre a coexistência pacífica entre muçulmanos e cristãos.

Com informações Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário