quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Oficialmente inaugurado o primeiro prostíbulo evangélico


prostíbulo gospel


 Por Sérgio Marcos

Batizado com o nome de “Cantares”, o primeiro prostíbulo evangélico (ou para evangélicos) surgiu simultaneamente em dois endereços: numa região nobre de São Paulo e em outra, não menos nobre, do Rio de Janeiro com suítes especiais, sendo que as mais caras e completas são: a “Suite Raabe”, toda decorada com cortinas vermelhas, e a “Suite Batsebá”, com espelhos d´água.
Calma, não vá se animando não, pois esta notícia foi trazida de uma publicação evangélica datada de 2018 (!).
Não me atrevo a uma “profetada”, nem ouso afirmar que é revelação, mas alguém aí duvida ? Alguém acredita que isso não será noticiado em menos de 6 anos? Se já existem comunidades para gays evangélicos e para lésbicas evangélicas, escândalos nas igrejas que vão do “simples” adultério à pedofilia; sites com o sugestivo título de “evangélicas gostosas” e até quem se atreva a produzir filmes pornôs para evangélicos, que mais estaria faltando? E olha que tem pastor apostando que essa é a “vontade do senhor” (a letra minúscula é proposital). Tem até teologia respaldando: “Tudo é puro para os puros”, e ainda a famosa frase de Paulo: “fiz-me de tudo para com todos”.
Essa tragicomédia seria hilária se não fosse catastrófica (a redundância é proposital). Do jeito que a coisa anda, o chamado neo-liberalismo, tem reduzido a Bíblia a um livro qualquer, onde quem ensina ou prega escolhe versículos como quem brincava de “lego” (lembra?). Com as mesmas peças se fazia um aviãozinho ou um cavalo.
A Bíblia não contém a Palavra de Deus. Ela é a Palavra de Deus.
Pastores : CUIDADO! De Deus não se zomba. Ou a Bíblia volta a ser a perfeita, completa e infalível Palavra de Deus, em tudo o que diz, de capa a capa, ou vamos jogá-la fora. Falta pouco para essa notícia deixar o campo da ficção.
“Ai dos que chamam de mau aquilo que é bom e que chamam de bom aquilo que é mau; que fazem a luz virar escuridão e a escuridão virar luz; que fazem o amargo ficar doce e o que é doce ficar amargo!” (Is 5:20).
Lamento estar postando algo tão grosseiro, mas se um avivamento genuíno, com choro, arrependimento sincero e busca por santidade não irromper entre nós, vamos ter de assistir essa inauguração, em horário nobre, para derrota completa desta nossa geração.

Maranata!
***
No blog Observatório Cristão. Divulgação: Púlpito Cristão

Nenhum comentário:

Postar um comentário