segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Coelhinha da Playboy se dispõe a tirar a virgindade de atleta cristão



Publicado no UOL Esporte

Tim Tebow, aos 24 anos, é uma das estrelas da atual temporada da NFL, a liga norte-americana de futebol americano. O quarterback do Denver Broncos, questionado por alguns críticos, decidiu jogos importantes, conquistou fãs fora de campo e virou um fenômeno de popularidade nos Estados Unidos. No último domingo, decidiu o primeiro jogo dos playoffs contra o Pittsburgh Steelers com um passe para touchdown na prorrogação, fazendo sua equipe avançar no torneio.
Cristão fervoroso, ele sobreviveu a uma gestação difícil nas Filipinas, onde os pais eram missionários cristãos. A mãe contraiu uma disenteria amébica e foi aconselhada a abortar, mas teve Tim que cresceu forte, apesar dos problemas de saúde. Apegado à fé, ele faz campanha anti-aborto e promete chegar virgem ao casamento.
O estilo recatado do quarterback conquista as mulheres. Depois de ser apontado como possível caso da esquiadora Lindsey Vonn, musa do esporte americano, ele agora arranca suspiros de Heather Knox, coelhinha da Playboy dos EUA neste mês. Em entrevista ao site Busted Coverage, especializado em futebol americano, ela falou sobre o interesse em Tebow.
“Só ouvi coisas extracampo sobre ele recentemente. Eu sabia que ele era bonito, então foi nisso que eu reparei primeiro. Depois eu ouvi falar sobre o lado pregador e as coisas religiosas dele. Só ontem descobri que ele pode ser virgem, e é excitante, eu acho”, disse Heather, que logo foi perguntada sobre a possibilidade de “estrear” Tebow.
“Bem, não estou dizendo que eu não faria. Que tal?”
foto: Reprodução (Twitter)

Nenhum comentário:

Postar um comentário