sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Pais de Katy Perry querem que ela namore Tim Tebow, astro de futebol cristão


 


     A recém-divorciada Katy Perry anda sumida da mídia depois que seu casamento com o ator Russell Brand, chegou ao fim mês passado, depois de apenas 14 meses de duração.
      Mary e Keith Hudson, os pais da cantora, são pastores pentecostais, e recentemente agradeceram a Deus pelo divórcio da filha e parecem já ter escolhido um pretendente.
Trata-se do quarterback Tim Tebow, do Denver Broncos. Eles acreditam que o novo astro da Liga de Futebol Americano NFL seria o “par perfeito” para sua filha. A pastora Mary teria dito: “Ele é bonito, charmoso, inteligente e acima de tudo, um bom cristão”.
Por isso, a revista OK! anunciou que deseja marcar uma reunião entre os dois na igreja dos Hudson, em Huntington Beach, Califórnia.
      Uma fonte próxima à família de Katy Perry também disse à publicação que Katy mencionou seu interesse em Tebow em mais de uma ocasião. Essa pessoa também explicou que Keith e Mary estão tentando fazer a filha se apresentar na igreja em uma data próxima ao dia que convidaram o jogador para dar seu testemunho.
        O casal de pastores já afirmou em um culto o sucesso de Katy poderia atrair as pessoas para Deus, que sempre pode transformar algo ruim em uma coisa boa.
         Sabe-se que Katy chegou a gravar um disco de música gospel antes de se dedicar à música pop e ficar famosa. Mesmo tendo uma tatuagem de Jesus no braço e falar sobre Deus constantemente, não poderia ser chamada de uma cristã exemplar.
        Segundo Chloe Govan, autor da biografia de Katy Perry chamada “A Life of Fireworks”, um dos motivos da separação foi porque “Russ estava sempre fazendo piadas indecentes na mesa de jantar e zombando das crenças da família Perry”. Russel Brand diz ser seguidor do hinduismo.
          Tim Tebow, pelo contrário, é um cristão fervoroso que costuma citar versículos bíblicos e ajoelhar para orar nos jogos, prática que criou a expressão Tebowing e fez sucesso na Internet.
Com apenas de 24 anos, ele é a sensação da NFL atualmente e é considerado o jogador de maior sucesso da história da liga universitária de futebol americano. O camisa 15 dos Broncos é filho de missionários.
No último domingo, ele deu a vitória ao seu time, fazendo um arremesso de 316 jardas. O número foi um dos assuntos mais procurados no Google no final de semana, e imediatamente associado ao versículo de João 3:16, que Tebow já escreveu no rosto em outras ocasiões.

Traduzido e adaptado de Christian Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário