sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

"Pastor" Kassab ergueu a palma da mão e explicou: “Sou católico, evangélico, espírita, umbandista, muçulmano, budista e judeu”

PT aprova existência de Deus
Pastor Kassab ergueu a palma da mão e explicou: “Sou católico, evangélico, espírita, umbandista, muçulmano, budista e judeu”
Publicado impagavelmente na the i-piauí Herald

COLÉGIO SION – O PT aprovou uma resolução histórica na festa de seus 32 anos: com o voto de 97% dos seus delegados, o partido decretou que Deus existe. A decisão foi abençoada pela presença inesperada do pastor Gilberto Kassab, do PSD (Partido Samba com Deus). Depois de caminhar lentamente pelo palco, o mais novo aliado dos petistas tomou o microfone e disse, erguendo as mãos: “Deus não é de esquerda, não é de direita, não é de centro”. Muitos petistas choraram de emoção quando Kassab abriu seu coração: “Eu comunguei”, admitiu o prefeito.
Insuflados pelo deputado Babá, meia dúzia de barbudinhos ateus ainda ameaçaram entoar o hino da Internacional Socialista. Mas foram logo esmagados pelos gritos que vinham do palco e ecoavam na plateia: “Aleluia! Aleluia!”, bradavam todos. Desde que Lula deixou o poder não se via um santo ser tão ovacionado numa assembleia petista. De mãos dadas e olhos fechados, a presidenta Dilma Rousseff e o candidato Fernando Haddad diziam em uníssono: “Glória a Deus, Glória a Deus!”
Fazendo questão de não esconder sua alegria incontida com a presença do pastor Kassab, José Dirceu aceitou ser exorcizado. Depois, disse: “Se Deus existe, então tudo é permitido”. E concluiu: “Está provado que o mensalão foi uma farsa, uma invenção do Cramulhão, do Coisa Ruim!”.
A senadora Marta Suplicy se retirou antes do final. Contrariada naquele ambiente, protestou na saída: “Essa coisa de Deus vai contra nossos princípios. O Diabo veste Prada, é muito mais chique”.
O PT aprovou ainda outra resolução, determinando o recolhimento imediato do dicionário Houaiss em todas as livrarias do país. Uma comissão do partido foi instalada para redefinir o significado da palavra “privatização”.
O partido informou que o dízimo poderá ser pago com cartão de crédito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário