quarta-feira, 7 de março de 2012

Conar examina queixas contra anúncio do Jesus que toma Red Bull

Anúncio diz como Jesus consegue andar sobre as águas
O Conar (Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária) está examinando mais de 50 reclamações de pessoas que se sentiram ofendidas pelo anúncio do Red Bull cujo personagem central é Jesus. 

Em um vídeo de 30 segundos postado nas redes sociais, Jesus sai de um barquinho de pesca e anda sobre as águas. Pedro pergunta como ele consegue fazer aquilo. Um terceiro personagem afirma que Jesus tinha tomado Red Bull. Mas Jesus dá outra explicação para o “milagre”. Ele pisa sobre pedras. “Só tem que ficar esperto onde tem pedra”, diz.

Os primeiros a reclamar pela internet contra o anúncio foram pastores evangélicos. Para eles, trata-se de uma falta de respeito para com um milagre. Agora, é a Igreja Católica, por intermédio da Arquidiocese do Rio, que demonstra descontentamento. Ela avalia a possibilidade de recorrer à Justiça.

Nota da Red Bull diz que não há no anúncio nenhuma conotação negativa em relação à religião. “O comercial faz uma brincadeira com o próprio produto ao dizer que Jesus não precisou tomar Red Bull, apenas usou as pedras para caminhar pela água”.

Se o Conar não proibir o Jesus do Red Bull, ele será veiculado na TV em novembro. O anúncio já foi lançado na Austrália, Itália e Suíça, onde, até agora, não houve qualquer tentativa de censura.

"Jesus, como você faz isso?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário