sexta-feira, 27 de abril de 2012

Piloto da NASCAR enfrenta preconceito religioso e perde patrocínio

O piloto da NASCAR Black Koch tem enfrentado o que muitos caracterizam como perseguição religiosa. Ele participa do comercial da campanha “The Rise Up and Register” que tem como objetivo fazer com que 1 milhão de pessoas votem esse ano nos Estados Unidos.
A propaganda dessa mobilização seria divulgada na ESPN, mas como o site oficial tem links para o site do Koch, que é cristão e defende o voto em candidatos que sejam contra o aborto, a empresa decidiu não aprovar o comercial.
A explicação do canal de esportes é que os critérios da empresa barra qualquer tipo de mensagens tendenciosas ou de instituições religiosas. Como o site da campanha fazia referencia ao site do corredor que é um cristão fervoroso que utiliza suas horas vagas para ministrar em igrejas, a ESPN decidiu não divulgar a campanha.
Em entrevista ao programa Fox & Friends no final de março Koch chegou a comentar o caso. “Não pensei que a minha fé em Cristo teria impacto para um patrocinador transmitir um comercial ou não”, afirmou.
O piloto de apenas 26 anos também disse que não pretende negar suas crenças. “A única coisa que não vou fazer é renegar minha fé, só porque um dos meus patrocinadores em particular não gosta da maneira como eu expresso minha crença, que é o que eu faço quando tenho um tempo livre”.
No final de semana passado Blake Koch estava pronto para correr em Dallas, mas foi obrigado a parar seu carro por não ter um patrocinador oficial. Diante desse dilema o site ChristianCinema.com resolveu patrociná-lo para que ele não deixe de participar das outras corridas.
Foi graças a esse apoio que Kock conseguiu correr na “O’Reilly Auto Parts 300″ no Texas pela Motor Speedway. “Isso me mostra que muito tem Deus em suas mãos e por isso Ele me enviou o ChristianCinema.com justamente no momento adequado”, disse o jovem piloto.
“Estou muito entusiasmado para alentar as famílias em sua fé e isso é muito importante para mim. Deus é sempre fiel!”, declarou ele que agora precisa de um novo patrocinador principal.
Para conseguir novas marcas para apostar nesse piloto da NASCAR o ChristianCinema.com iniciou uma campanha nas redes sociais com a hashtag #KeepBlakeRacing para criar consciência entre as empresas. “Essa é uma grande oportunidade para manter sua carreira e ao mesmo tempo divulgar os filmes cristãos que refletem os valores da família”, disse o diretor do site sobre o apoio.

Traduzido e adaptado de Notícias Cristianas

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/piloto-da-nascar-enfrenta-preconceito-religioso-e-perde-patrocinio/#ixzz1tIF08xvu

Nenhum comentário:

Postar um comentário