domingo, 22 de abril de 2012

Sindicato dos pastores evangélicos processa cantor de axé (a música ‘Culto Orar’, por meio de um trocadilho infame, insinua que pastores evangélicos fazem prática homossexual passiva durante cultos)




A Confederação Nacional dos Bispos e Ministros Evangélicos do Brasil acionou judicialmente Marquim Tonelada, vocalista da banda Forró Zabundada, acusando-o de calúnia, injuria e difamação. Para Antonio Fortes Pedreira, advogado da CNBMEB a música ‘Culto Orar’, por meio de um trocadilho infame, insinua que pastores evangélicos fazem prática homossexual passiva durante cultos.
A CNBMEB solicitou uma indenização de R$3 milhões e a imediata proibição da execução pública da canção, além de um pedido formal de desculpas e eventual conversão cristã do músico que compôs os versos polêmicos. Marquim Tonelada diz que ‘este povo é muito chato, não entende de poesia e vem falar merda. Quero mais que eles ardam no inferno e que as hemorroidas corroam os ânus deles”.
Ouça a canção e faça você mesmo o julgamento.




Fonte: http://www.enfu.com.br/sindicato-dos-pastores-evangelicos-processa-cantor-de-axe/

Um comentário:

  1. Fake, essa "noticia" surgiu como um artigo humoristico no blog tramado por mulheres. Para ver o o original: http://www.tramadopormulheres.com.br/2012/04/17/confederacao-de-pastores-evangelicos-processa-cantor-de-axe-por-suposta-acusacao-de-homossexualidade-em-cultos/

    ResponderExcluir