terça-feira, 8 de maio de 2012

Neurocientista afirma que Jesus e Abraão eram esquizofrênicos

Neurocientista afirma que Jesus e Abraão eram esquizofrênicos

Miguel Nicolelis é um dos mais renomados neurocientistas brasileiros, mas em entrevista para a revista Planeta ele deu uma declaração bastante polêmica afirmando que a humanidade é dominada por três esquizofrênicos: Jesus, Maomé e Abraão.
Ele explicava para o repórter que há uma linha tênue que separa as pessoas ditas como normais e anormais, pois o cérebro humano pode sair facilmente do estado normal e evoluir para o patológico.
Sobre sua afirmação ele explica porque acredita que os três personagens que são importantes para as três maiores religiões do mundo – Cristianismo, Islamismo e Judaísmo – podem ser considerados como pessoas “anormais”.
“Nos dias de hoje, aliás, a humanidade curiosamente é dominada por três esquizofrênicos que ouviam vozes, olhavam para o céu e achavam que alguém estava falando com eles”, disse Nicolelis.
O repórter então pergunta quem seriam esses personagens e ele responde: “Jesus Cristo, Maomé e Abraão. Muito provavelmente os três precisavam de haldol (medicamento para esquizofrenia). É arbitrária qualquer classificação que defina as bordas da normalidade”.
Assumidamente ateu, o neurocientista diz também que em sua opinião a religião faz parte do sistema nervoso. “Como o cérebro é um simulador da realidade, ele cria um modelo e uma ilusão de realidade para cada um de nós. Ele precisa de uma história: de onde viemos? Como começou o universo?”.
Miguel Nicolelis não é conhecido apenas no Brasil, mas divide suas atividades em outros dois países: Estados Unidos e Suíça. Para a Copa de 2014 ele pretende colocar um adolescente brasileiro tetraplégico para dar o pontapé inicial aos jogos usando uma veste robótica controlada pela força do pensamento.

Fonte Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário