terça-feira, 5 de junho de 2012

Evento gospel faz parte do São João de Caruaru (PE) e gera polêmica entre internautas



Jénerson Alves, especial para o Pavablog
Que Caruaru-PE (situada a 130km do Recife) é conhecida como ‘Capital do Forró’ todo mundo sabe. O que poucos sabem é que, em 2012, pela segunda vez, ‘Jesus’ vai se encontrar com ‘São João’ no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, espaço onde são realizadas as maiores apresentações dos festejos juninos. No próximo dia 20 de junho, acontecerá o 2º Chama Viva, evento que reúne cantores gospel no palco principal do São João de Caruaru.
Este ano, as atrações serão o Ministério Brasas no Altar, o cantor Erasmo Miguel (ambos de Caruaru), a Banda Som e Louvor e o cantor Mattos Nascimento. A exemplo do que ocorreu no ano passado, espera-se um público de cerca de 40 mil pessoas. O evento é apoiado por lideranças evangélicas, inclusive pela Associação dos Ministros Evangélicos do Agreste de Pernambuco (Ameape).
Para o organizador do evento, Jaelcio Tenório, essa é uma oportunidade de proclamar o Evangelho através da música regional. “Nosso objetivo é transmitir uma mensagem de paz e esperança para as famílias, por meio da música”, declara Tenório.
No entanto, os ritmos e o ambiente do evento provocam polêmica. Extremistas e liberais entram em controvérsia, sobretudo no ambiente virtual. Pelo Facebook, propagandas extraoficiais do Chama Viva abrem portas, tanto para aplausos quanto contestações. No entendimento de alguns cristãos, o Pátio de Eventos é um lugar consagrado às forças das trevas, por servir para a realização de shows seculares.
Um usuário da rede social, chamado Carlos Eduardo, é um dos críticos com relação ao evento. “ e satanás zomba com DEUS por essas coisas assim feitas dizendo seu nome em vão infelizmente mais o lado bom sinais que a vinda de JESUS ta perto… amem!1 eassim sao os dele ap.14;17”, posta (com esses erros gramaticais, mesmo).
Por outro lado, o internauta Paulo Nailson comenta: “Ritmo é embalagem, letra é conteúdo. Não é o Ritmo que me preocupa e sim a letra. Gosto de dizer que não é o lugar que faz a pessoa e sim a pessoa cheia do Espírito Santo que faz o lugar”.
foto: Diogenes Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário