sábado, 21 de julho de 2012

Bispo Edir Macedo pede ofertas para o Templo de Salomão e afirma que “Deus não exige de seu povo nada além do que possa ser atendido”

Bispo Edir Macedo pede ofertas para o Templo de Salomão e afirma que “Deus não exige de seu povo nada além do que possa ser atendido”. Leia na íntegra
A construção do Templo de Salomão por parte da Igreja Universal do Reino de Deus foi alvo de um sutil pedido de ofertas por parte do bispo Edir Macedoem seu site.
Através de um artigo, que ressalta a importância do ato de ofertar à obra, o líder da IURD afirmou que “Deus não exige de seu povo nada além do que ele possa atender” e que “as ofertas exprimem sentimento de fé, louvor e gratidão para com o Senhor”.
Classificando a necessidade de recolher ofertas para a sequência da obra como “mutirão da fé”, o bispo Macedo ressaltou que a igreja não deve esperar contribuições externas: “Quem dá disposição ao coração para ofertar? Quem é capaz de mover milhões de pessoas num só espírito, numa só fé e num só coração para tornar possível um Só único sonho? Certamente, não é o diabo, nem os governos e muito menos empresários ou mesmo uma única pessoa humana, senão o próprio Deus altíssimo”, afirmou.
Com um link que direciona para o site que apresenta o projeto do megatemplo que a Universal está construindo, o bispo Edir Macedo fez o apelo por doações: “Quem se achar movido para fazer parte desta Obra, com certeza, é porque foi tocado pelo Espírito de Deus. As ofertas em espécie deverão ser depositadas numa das contas…” e emendou orientando os fiéis a deixarem as ofertas em espécies nas congregações da IURD: “As ofertas em ouro, prata ou bronze deverão ser entregues em uma das Igrejas Universal do Reino de Deus. Que o Deus de Abraão, de Isaque e de Israel multiplique suas bênçãos econômicas e espirituais como tem prometido na Sua Palavra”.
Confira abaixo a íntegra do texto “Mutirão da Fé”, do bispo Edir Macedo:
Quando Deus ordenou a Moisés erguer o Tabernáculo, o povo de Israel estava no deserto. E o Senhor disse a Moisés: “Tomai, do que tendes, uma oferta para o SENHOR; cada um, de coração disposto, voluntariamente a trará por oferta ao SENHOR…” Êxodo 35.5
Aparentemente, o deserto não reunia quaisquer condições para se levantar oferta para a construção de um Templo Móvel da envergadura do Tabernáculo.
Mas como Deus não exige de Seu povo nada além do que ele possa atender, o apelo foi feito. “Vieram homens e mulheres, todos dispostos de coração; trouxeram fivelas, pendentes, anéis, braceletes, todos os objetos de ouro; todo homem fazia oferta de ouro ao SENHOR…” Êxodo 35.22
“…e disseram a Moisés: O povo traz muito mais do que é necessário para o serviço da obra que o SENHOR ordenou se fizesse. Então, ordenou Moisés – e a ordem foi proclamada no arraial, dizendo: Nenhum homem ou mulher faça mais obra alguma para a oferta do santuário. Assim, o povo foi proibido de trazer mais.” Êxodo 36.5,6.
Deus é representado pelo Seu povo na Terra. As ofertas exprimem sentimento de fé, louvor e gratidão para com o Senhor.
Quem dá disposição ao coração para ofertar? Quem é capaz de mover milhões de pessoas num só espírito, numa só fé e num só coração para tornar possível Um Só Único Sonho?
Certamente, não é o diabo, nem os governos e muito menos empresários ou mesmo uma única pessoa humana, senão o Próprio Deus Altíssimo.
O mutirão da fé está lançado. Quem se achar movido para fazer parte desta Obra, com certeza, é porque foi tocado pelo Espírito de Deus.
As ofertas em espécie deverão ser depositadas numa das contas:
Bradesco
Agência: 3396-0
C/C: 0240-2
Banco do Brasil
Agência: 3221-2
C/C: 1257-2
As ofertas em ouro, prata ou bronze deverão ser entregues em uma das Igrejas Universal do Reino de Deus.
Que o Deus de Abraão, de Isaque e de Israel multiplique suas bênçãos econômicas e espirituais como tem prometido na Sua Palavra.
E a sua vida seja como uma árvore plantada junto às águas, cujas folhas se renovam sempre e que, no devido tempo, dê abundantes frutos.
Em o Nome do Senhor Jesus Cristo,
Amém.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário