segunda-feira, 16 de julho de 2012

Deputado Marco Feliciano apresenta projeto de lei para obrigar a castração de cães da raça Pit Bull e afirma: “Os Pit Bulls são monstros criados pelo homem”


Deputado Marco Feliciano apresenta projeto de lei para obrigar a castração de cães da raça Pit Bull e afirma: “Os Pit Bulls são monstros criados pelo homem”

O deputado federal, e pastor evangélico, Marco Feliciano apresentou na última semana o projeto de lei 4206/2012 que tem como objetivo proibir a procriação de cães da raça Pit Bull. Segundo o deputado, seu objetivo é castrar tais animais, para que seja extinta tal raça, descrita por ele como assassina.
Em um pronunciamento na Câmara, Feliciano citou como motivação para seu projeto de lei um caso noticiado durante a semana de um ataque de um Pit Bull a uma criança de 2 anos de idade.
- Nos últimos anos, vem se verificado graves ataques desses animais causando mortes e mutilações, inclusive em relação a seus donos e tratadores. Esta semana que passou, os jornais noticiaram o ataque de um Pit Bull a um menino de dois anos, chamado Murilo Rocha Amenguoal, que teve a face mutilada e milagrosamente reimplantada pela perícia de dois médicos – afirmou deputado.
De acordo com o deputado, é necessário que se tomem providências em relação à mantença da raça no país. Ele citou ainda que em vários países da Europa os proprietários de animais dessa raça já são obrigados a fazer sua castração, de forma a impedir sua procriação.
Através do Twitter o deputado afirmou que vai lutar com afinco em prol de seu projeto de lei, “para extinção dessa raça assassina”. Ele chegou a afirmar ainda que os Pit Bulls são monstros criados pelo homem e que, caso alguém queira manter a espécie, que seja em um zoológico.
Leia na íntegra o pronunciamento do deputado:
Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados.
Uso esta tribuna para alertar a todos que possuem cães de estimação para que tomemos providências, no sentido de, encontrar um denominador comum em relação à mantença em nosso País, da criação do cão da raça Pit Bull. Em vários Países da Europa, inclusive a Inglaterra, foi solucionado o problema dessa raça, tida como uma das mais agressivas, obrigando os proprietários a efetuarem a castração, a fim de extinguir a raça, que não se trata de raça pura e sim, fruto de vários cruzamentos, mantendo os mais agressivos. Nos últimos anos, vem se verificado graves ataques desses animais causando mortes e mutilações, inclusive em relação a seus donos e tratadores. Esta semana que passou, os jornais noticiaram o ataque de um Pit Bull a um menino de dois anos, chamado Murilo Rocha Amenguoal, que teve a face mutilada e milagrosamente reimplantada pela perícia de dois médicos cirurgiões plásticas, do Hospital das Clinicas de são Paulo, Dr. Guilherme Barreiro e Dra. Raquel Baptista.
Parabenizo esses brilhantes profissionais que foram instrumentos de Deus para recuperar a face dessa criança.
Mandarei minha assessoria estudar a possibilidade de apresentar um Projeto de Lei, nesta Casa, visando de uma vez por todas resolver esse grave problema social, pois se um vizinho possuir um animal deste, próximo a nossa casa e nossas crianças expostas ao perigo, qual remédio jurídico temos para nos proteger, antes que aconteça o pior, no caso, um ataque.
Devemos encarar esse problema como de todos nós, pois ao tomar conhecimento de notícias, envolvendo pessoas indefesas, devemos nos colocar no lugar da família e, nos manifestarmos energeticamente em relação a esses fatos.
Muito Obrigado!
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário