terça-feira, 17 de julho de 2012

Em busca de cura, europeus viajam para ver médium brasileiro



Em busca de cura, europeus viajam para ver médium brasileiro
Uma multidão vestida de branco faz fila entre estacionamentos, estação de trem e o centro de eventos Eulachhallen, em Winterthur, cidade perto de Zurique, na Suíça. O motivo é a presença de João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, um médium brasileiro que ganhou fama ao redor do mundo.
Ele já foi assunto de reportagens em diversas emissoras deTV, como as norte-americanas ABC, CNN e Discovery Channel, além da britânica BBC. Já recebeu, inclusive, uma visita da apresentadora Oprah Winfrey.
O goiano, que realiza “cirurgias espirituais” na Casa Dom Inácio de Loyola, localizada na pequena cidade de Abadiânia, está mais uma vez na Europa para participar de uma série de eventos.
Diversas pessoas em cadeiras de rodas ou debilitadas por doenças graves como o câncer estão buscando ajuda desse brasileiro que vai atender os interessados em intervenções espirituais até esta quarta-feira. João garante incorporar mais de 30 entidades, entre elas o rei Salomão e o médico Oswaldo Cruz.
Alemães, austríacos, suíços, americanos, brasileiros que moram na região e até japoneses estão em Winterthur para ver João de Deus de perto, segundo o portal Terra.
As brasileiras Nelma Souza e Alix Cooper, que moram em Genebra, foram a Winterthur para ver o médium pela primeira vez. “Não tenho nenhum problema de saúde ou motivo especial para estar aqui. Vim porque vivemos num mundo extremamente materialista, sobretudo em um país como a Suíça, onde moro há mais de 10 anos. Acho que falta uma visão espiritualista e foi por isso que decidi participar do evento”, conta a carioca Cooper.
Os três dias de atendimento serão feitos nos dois galpões do complexo, que juntos podem abrigar até 7 mil pessoas. Os ingressos para as duas primeiras datas já estão completamente esgotados. Cada ingresso custa cerca de R$ 350. O pacote completo, dos três dias, é vendido por cerca de mil reais, incluindo taxas e serviços do site que comercializa as entradas.
Existem algumas regras que todos os visitantes devem seguir. É preciso estar totalmente vestido de branco “para facilitar o trabalho das entidades espirituais”. Os braços e mãos devem ser mantidos descruzados “para não quebrar a corrente de energia”. Celulares e câmeras fotográficas são estritamente proibidos.
As paredes do complexo são revestidas com panos brancos e o chão coberto com um carpete azul. Há poucas imagens religiosas nos espaços, exceto por algumas de Nossa Senhora.  Depois de passar pelas áreas de meditação, oração e ouvir as palestras realizadas por convidados, os pacientes chegam ao local onde João de Deus atende, de olhos fechados e cercado por outros médiuns.
João faz dois tipos de cirurgias espirituais. A mais comum é a sem corte, onde usa apenas o “poder espiritual” para curar as pessoas.  Depois, é servida uma “sopa abençoada”, feita de legumes, que faz parte do processo de cura, explicam seus seguidores.
Os médiuns então dão aos pacientes as recomendações que  dizem receber das entidades. Isso inclui desde retornar para as outras sessões do dia, passar pela cirurgia espiritual ou até um convite para visitar a Casa em Abadiânia. No final do evento, os participantes voltam para seus hotéis ou cidades de origem. A maioria leva garrafas de “água fluidificada”, que também faz parte do tratamento oferecido por João de Deus e são vendidas no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário