quarta-feira, 18 de julho de 2012

Marco Feliciano elogia postura do pastor Samuel Ferreira, que diz não ter ido à Marcha para Jesus porque não quer “aplaudir homens”


Marco Feliciano elogia postura do pastor Samuel Ferreira, que diz não ter ido à Marcha para Jesus porque não quer “aplaudir homens”

O pastor Samuel Ferreira, líder da Assembleia de Deus do Brás, comentou nessa segunda feira sobre a Marcha para Jesus, que aconteceu em São Paulo no último sábado. No “Programa Palavra de Vida” na rádio Musica 105,7 FM, Ferreira falou, entre outras coisas, de suas motivações em não participar do evento.
- Não fui chamado para aplaudir a homens, mas para aplaudir a Jesus Cristo – afirmou o pastor, ao justificar o porquê de não participar da Marcha e também não incentivar os membros de sua igreja a participarem
As afirmações de Ferreira foram elogiadas, através do Twitter, pelo pastor e deputado federal Marco Feliciano, que destacou a postura do colega como uma “postura de líder”.
Uma das críticas que Samuel Ferreira, que é filho do bispo Manoel Ferreira, direcionou à organização de evento foi quanto ao número de participantes que, para os líderes seriam mais de 5 milhões de pessoas, enquanto o Datafolha mediu 335 mil. Em um recado enviado ao apóstolo Estevam Hernandes, o pastor pediu mais humildade da parte do líder da Renascer.
O pastor contestou também a afirmação da bispa Sônia Hernandes de que o número de evangélicos no país tem aumentado por causa da Marcha para Jesus, evento trazido por ela e seu esposo para o Brasil há 20 anos. De acordo com Ferreira, o que acontece é o oposto: a Marcha tem aumentado em decorrência do crescimento do número de evangélicos.
O pastor ressaltou ainda aos ouvintes que a Marcha é comandada pela Igreja Renascer, mas que os cantores gospel que se apresentam no evento são pagos pela Prefeitura de São Paulo e que o Estado participa oferecendo segurança, liberando policiais para acompanhar todo o trajeto.
O pastor comentou ainda sobre o cantor e deputado federal Marcelo Aguiar (PSD-SP), que participou da marcha. Durante o programa Samuel Ferreira citou o cantor e disse que há mais de um mês não o vê participando do culto na sede da AD Brás. Aguiar trocou a Renascer em Cristo pela AD Brás em 2011 e segundo a Renascer Prime ele não teria se acostumado com a liturgia da Assembleia e resolveu voltar à igreja liderada pelo casal Hernandes.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário