sábado, 29 de setembro de 2012

Rússia está a um passo de se transformar em Estado clerical


O Estado laico já débil russo está prestes a ser substituído pelo Estado clerical. Com o apoio dos quatro partidos do país, começou a tramitar nesta semana no Parlamento um projeto de lei que introduz na legislação a figura do “sentimento religioso”.

É quase certo que o projeto de lei será aprovado com facilidade. Do total de 450 deputados, ele conta com a adesão de 414. 

Assim, quando a nova lei entrar em vigor, quem profanar lugares (como templos) ou objetos de culto cometerá crime cuja punição será de cinco anos de prisão. A atual lei já prevê essa condenação, mas apenas nos casos de “vandalismo” e “extremismo”. 

Agora, pela proposta da nova lei, será julgado como criminoso quem “profanar lugar e objetos de veneração, lugares destinados à celebração de serviços divinos, outros rituais religiosos e cerimônias de associações que praticam religiões que são parte inseparável da herança histórica dos povos da Rússia”. 

Além da prisão, o condenado pagará multa de 500 mil rublos (equivalente a R$ 32,7 mil) ou, se não tiver dinheiro ou preferir não pagar, 400 horas de trabalho forçado. 

O projeto de lei foi elaborado com o objetivo de preservar “as bases espirituais e morais da Rússia que se formaram ao longo de séculos”, de modo a impedir a destruição de “valores tradicionais”. 

As religiões tidas como tradicionais na Rússia são a ortodoxa, islamismo, budismo e judaísmo. 

Com a queda a União Soviética e o seu regime comunista, já se esperava que os tais “sentimentos religiosos” voltassem a ser valorizados. Mas ninguém imaginou que eles pudessem chegar a tanto.

Com informação do Expresso, entre outras fontes.


Fonte: http://www.paulopes.com.br/2012/09/russia-esta-prestes-a-se-tornar-um-estado-clerical.html#ixzz27sUVLmby

Nenhum comentário:

Postar um comentário