sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Bispo evangélico homenageia fundador da Cientologia


Bispo evangélico homenageia fundador da CientologiaBispo evangélico homenageia fundador da Cientologia
Em uma cerimônia controversa, dia 10 de novembro, Franklin D. Harris, bispo da Igreja Batista Missionária de Watts, na Califórnia, ofereceu um exemplar da Bíblia de Estudo King James comemorativa dos 400 anos, como um “símbolo de reconhecimento e gratidão ao Sr. L. Ron Hubbard e por seu trabalho”. Em especial, ele citou o livro “O Caminho para a Felicidade”, definido como “um guia de bom senso para uma vida melhor”, que o bispo Harris disse ter usado para melhorar a sua própria vida e de sua congregação. Ele também preside o ministério Victory in Christ [Vitória em Cristo].
Um representante de Hubbard, falecido em 1986, recebeu a homenagem em um evento especial no Centro Comunitário da Igreja da Cientologia da cidade de Inglewood. O bispo Harris colocou o seu selo pessoal de aprovação e pediu que a Bíblia fosse colocada no Centro de Inglewood, como um símbolo de respeito pela memória do fundador da Cientologia.
“Eu gosto de ajudar os outros. O meu maior prazer na vida é ver uma pessoa libertar-se das sombras que escurecem os seus dias”. Essa frase de Hubbard foi usada na cerimônia para ressaltar seu “legado de sabedoria que permite a qualquer pessoa alcançar seus sonhos de felicidade e liberdade espiritual”.
A polêmica surgiu quase imediatamente, pois Hubbard que de um autor de livros de ficção científica passou a ser fundador da religião chamada Cientologia, famosa por ter vários seguidores entre os astros de Hollywood, em espacial Tom Cruise e John Travolta. Para os cristãos, a Cientologia é apenas mais uma seita que engana pessoas com promessas falsas. O fato de um pastor evangélico ter se pronunciado desse modo sobre o movimento e admitir que o material escrito por Hubbard influenciou seus sermões gerou pesadas críticas de movimentos conservadores.
Mas Harris não parece ver nada de errado nisso, chegando a dizer em um vídeo-testemunho que acredita que os ensinamentos do livro “O Caminho para a Felicidade” encontram eco na Bíblia e por isso, fez uma série de estudo em sua igreja colocando os dois lado a lado no púlpito. Além disso, envolveu os membros de sua igreja nas atividades da Igreja da Cientologia, numa espécie de “parceria para capacitação”.
L. Ron Hubbard escreveu vários livros que alcançaram mais de cem milhões de cópias distribuídas O mais famoso deles é “Dianética – A Ciência Moderna da Saúde Mental”, considerada a Bíblia da Cientologia, chegou às livrarias em 1950. Sua teoria central é que a fonte das doenças mentais e físicas são cicatrizes chamadas de “engramas”.
Elas se fixam no subconsciente das pessoas, a “mente reativa”, e viram obstáculos para uma vida plena. Para se livrar desses traumas e aproveitar 100% da sua capacidade, as pessoas devem passar por audições, espécie de terapia regressiva, para se tornarem “limpas” – seres iluminados. Para isso, os seguidores devem seguir as terapias, até hoje o principal ritual da cientologia, que as oferece na forma de cursos pagos.
Dependendo dos problemas que tem, o fiel pode demorar para chegar à iluminação, ou mesmo nunca alcançá-la. Com informações de PR WEB e Super Interessante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário