sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Jovem ganha na justiça direito de cometer eutanásia mas muda de ideia por causa de Deus



Jovem ganha na justiça direito de cometer eutanásia mas muda de ideia por causa de Deus
Grace Sung Eun Lee (28) é gerente financeira e ganhou na justiça o direito de ter os tubos de respiração e alimentação desligados, mas mudou de ideia e decidiu viver. Seus pais que são religiosos eram contra a decisão, a jovem tem um tumor no cérebro, em estado terminal, e permanece internada desde o início de setembro.
Ela entrou na justiça para garantir o direito de cometer eutanásia, mas voltou atrás e assinou um documento nomeando o pai como guardião da saúde dela. Qualquer decisão relacionada à doença será tomada pelo pai de Grace, o reverendo Manho Lee. Para não restar dúvida, na quinta-feira passada, um dia após a decisão judicial, a família publicou no YouTube um vídeo da jovem no hospital, dizendo que gostaria de assinar o documento, e que queria ir para uma casa de repouso.
Grace disse que tomou a decisão para “ficar em paz com meu Deus”. Durante o processo para ganhar o direito de cometer a eutanásia, a jovem foi analisada por um grupo de especialistas. De acordo com os psiquiatras, Grace está consciente de suas ideias, e é mentalmente capaz de tomar suas próprias decisões. A paciente está paralisada, ligada a tubos de alimentação e respiratório.
O pai de Grace disse que estava preocupado com a possibilidade de a filha ir para o inferno, caso cometesse a a eutanásia.
Assista ao vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário