sexta-feira, 9 de novembro de 2012

“Me expressei mal”: Ana Paula Valadão se desculpa por ter dito que “pastor gordo não combina com liderança”

“Me expressei mal”: Ana Paula Valadão se desculpa por ter dito que “pastor gordo não combina com liderança”
Após a polêmica declaração a respeito de pastores acima do peso e sua legitimidade de liderança, a pastora e cantora Ana Paula Valadão publicou um pedido de desculpas em seu blog.
A controvérsia foi iniciada quando, numa reunião mensal de mulheres, a pastora afirmou que a obesidade “não combina com liderança”, e recomendou a prática do jejum como forma de alcançar benefícios espirituais e emagrecimento.
-Cadê o jejum? Te garanto que você vai ter muitos benefícios com o jejum. (…) Às vezes a pessoa tem uma enfermidade, mas às vezes a gente encontra umas irmãs cheinhas, e fala assim: ‘Gente, vamos fazer um jejum, vamos’? Não consigo entender quando não é uma enfermidade, aquele pastor gordo, barrigudo. Gente, não combina com uma liderança. Não preciso falar muita coisa… – ironizou a pastora durante sua fala na reunião.
“Eu me expressei mal”. No texto de retratação, Ana Paula Valadão reconhece que a obesidade não representa incapacidade de liderança, e ressalta a necessidade da busca espiritual através do jejum.
-Quero pedir desculpas às pessoas que se ofenderam com algumas colocações que fiz em um dos cultos de mulheres. Eu me expressei mal. Obesidade não é um impedimento para o exercício da liderança e da espiritualidade. De qualquer forma, continuo acreditando que a prática do jejum, da oração, da leitura da Bíblia e das disciplinas espirituais são fundamentais, não apenas para os líderes, mas, para todos os cristãos.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário