terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Igreja Renascer realiza primeira Marcha para Jesus no Haiti e distribui 50 toneladas de donativos

Igreja Renascer realiza primeira Marcha para Jesus no Haiti e distribui 50 toneladas de donativos
A Igreja Renascer promoveu no último sábado, 12/01, a primeira edição da Marcha Para Jesus em Porto Príncipe, capital do Haiti.
Como parte das ações ligadas à Marcha para Jesus, a Renascer enviou 50 toneladas de donativos, arrecadados pela campanha S.O.S. Haiti, e distribuídos pelo Exército, para evitar desvios.
O país, um dos mais pobres das Américas, sofre há três anos com as consequências de um terremoto que devastou boa parte das cidades haitianas. Em 12 de janeiro de 2010, o abalo sísmico alcançou o grau 7,0 na escala Richter, e causou a morte de 200 mil pessoas.
O pastor Daniel Tenuta representou o apóstolo Estevam Hernandes e a bispa Sonia Hernandes durante a Marcha para Jesus, e destacou o esforço para a realização do evento, que de acordo com o Igospel, resultou na conversão de dezenas de pessoas.
“Enfrentamos muitas impossibilidades para a realização desse evento. Ontem por exemplo, o presidente do Haiti resolveu dizer que dia 12 não seria feriado e todos precisariam trabalhar normalmente, mas mesmo assim as pessoas saíram às ruas. Outro fato interessante, é que a praça onde ocorreu a Marcha, em francês significa Campo de Marte. Impressionante como é parecido com alguns valores de São Paulo, profeticamente falando”, discursou.
A concentração da Marcha para Jesus aconteceu em frente ao templo da Igreja Wesleyana, e reuniu centenas de pessoas, além de membros de outras denominações.
Porém, a situação de calamidade no país não abala os ânimos de quem acredita que o Evangelho pode transformar. “Sob os escombros cada um de nós deixou uma mãe, um pai, um parente, amigo [...]Nós estamos bem, a igreja está vivendo um momento especial espiritualmente. As pessoas se achegam mais perto de Deus, tem mais temor (obediência) e com isso o Espírito Santo tem manifestado sua presença no nosso meio”, afirma o pastor haitiano Edouard Webert.
Segundo o site Protestante Digital, o pastor acredita que a providência divina virá sobre o Haiti: “Um país pode estar em crise, mas Deus nunca está em crise”, declara o pastor.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário