quinta-feira, 14 de março de 2013

Magno Malta comenta retirada de petição a favor de Silas Malafaia do site Avazz, e afirma que o site é antidemocrático

Magno Malta comenta retirada de petição a favor de Silas Malafaia do site Avazz, e afirma que o site é antidemocrático
No início da semana a atriz Luana Piovani concedeu uma entrevista à coluna Em um pronunciamento no Plenário nessa terça-feira, o senador Magno Malta criticou a atitude do site Avaaz em tirar do ar uma petição criada a favor do pastor Silas Malafaia. De acordo com o senador, o site seria antidemocrático e teria como perfil conduzir as petições de forma a “limpar ou sujar” o nome de quem os interessasse.
A crítica de Magno Malta foi sobre a retirada de um abaixo-assinado contrário ao pedido de cassação do registro de psicólogo de Malafaia que havia sido criada em apoio ao pastor, como forma de opor a petição pública requisitando a cassação do registro. O jornalista Reinaldo Azevedo em sua coluna na revista Veja, comentou que a retirada da petição a favor de Malafaia foi retirada sob a justificativa de que a campanha não compactuava com a missão do site e havia sido reprovada pela comunidade que o sustenta.
Em sua fala no Plenário, Malta afirmou que a retirada da petição seria uma manobra organizada pelo ex-secretário nacional de Justiça, Pedro Abramovay, atual diretor de campanhas do Avaaz, que se afastou do cargo no ministério depois de desagradar a presidente Dilma Rousseff ao defender nos jornais o fim das prisões de pequenos traficantes
- Ele agora comanda um site que pode jogar as pessoas contra quem ele quiser. Ele comanda um site que pode acabar com a honra alheia, pode te limpar ou te sujar. A campanha no Avaaz só vale se o apoio for às ideias e à bandeira que eles querem, do que o Pedro quer. Isso não é democracia – criticou o senador.
Assista ao pronunciamento na íntegra:
Por Dan Martins, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário