domingo, 26 de maio de 2013

Igrejas se transformam em cafés e livrarias na Holanda

Igrejas se transformam em cafés e livrarias na HolandaIgrejas se transformam em cafés e livrarias na Holanda
O aumento secularismo na Europa tem feito com que muitas igrejas sejam fechadas por falta de fiéis. Na Holanda os prédios que antes recebiam fiéis em adoração a Deus estão sendo vendidos e transformados em cafés e livrarias.
De acordo com um site português, desde a década de 70 mais de 1.000 igrejas foram fechadas naquele país, muitas foram demolidas e outras acabaram sendo usadas para outros fins.
A livraria Selexys foi construída no prédio da igreja de Maastricht, a adaptação fez com que o local fosse considerado pelo jornal britânico The Guardian a livraria mais bonita do mundo.
Em Amsterdã uma igreja construída no século XIX se transformou na casa de espetáculos “Paradiso” que recebe os mais renomados artistas internacionais.
Em Utrecht, também na Holanda, uma antiga igreja deu lugar ao Café Olivier. A falta de fiéis e consequentemente de condições para manter estes prédios são os principais motivos que levam os líderes a venderem os prédios.
Religião vai desaparecer na Europa, diz estudo
Mais de 40% da população da Holanda não tem religião, o crescimento do número de ateus é igual nos nove países mais ricos do mundo que são Austrália, Áustria, Canadá, República Checa, Finlândia, Irlanda, Holanda, Nova Zelândia e Suíça.
Dados de um estudo da American Physical Society, em Dallas, Estados Unidos, apontam que o número de religiosos vai deixar de existir nesses países nos próximos anos. A pesquisa acredita que até 2050 a Holanda seja formada por mais de 70% de ateus.
No momento o país tem 28% de sua população que se declara católica, 19% protestantes, 5% muçulmanos, 4% de outras religiões e 40% de ateus, como já foi mencionado acima. Com informações Público.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário