quinta-feira, 23 de maio de 2013

Sex Shops receberão manual gospel para melhor atender clientela evangélica


A Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme) está preparando um "manual gospel" com indicações sobre tratamento ao público evangélicos, que será distribuído às sexshops afiliadas. 
Conhecimentos a respeito da sexualidade humana, estudo sobre produtos íntimos, sensuais e eróticos constarão no manual. 
A presidente da Abeme, Paula Aguiar, informou ao Portal Administradores que cresce a procura pelos produtos eróticos por parte dos evangélicos, que buscam o fortalecimento do amor conjugal. 
Mulheres são as maiores clientes evangélicas das lojas de material erótico. Aguiar ressaltou, contudo, que 90% dos produtos eróticos procurados não têm nenhuma conotação pornográfica. 
O empresário Maicon Santos, 30 anos, abriu a loja vitual Sexshop Gospel, "a única para casais casados", que vende brinquedinhos sexuais e eróticos, desde vibradores, algema com pelúcia rosa, gel comestível, anel peniano, pomada japonesa, livros e outros produtos eróticos, mas não pornográficos. 
O que a SexshopGospel tem são vibrador pequeno, algema com pelúcia rosa, gel comestível, anel peniano, a “famosa” pomadinha japonesa, livros e por aí vai. “Nós não vendemos artigos homossexuais, anais, nem temos artigos sadomasoquistas", disse Santos em entrevista para o jornal O Dia. 
Estudo da Escola Superior de Propaganda e Marketing indica que o comércio de produtos dirigidos a consumidores evangélicos movimentou 12 bilhões de reais (cerca de 6 bilhões de dólares) no ano passado no Brasil. 
Só o setor fonográfico registrou um faturamento de 1,5 bilhão de reais, segundo dados da Associação Brasileira de Produtores de Disco. Esse é um segmento importante no rol de compras de consumidores evangélicos, tanto assim que as gravadores Som Livre e Sony criaram selos específicos para esse público e investiram em cantores e cantoras gospel. 
O setor livreiro festeja os 479 milhões de reais faturados em 2012. Os dados são da Câmara Brasileira do Livro, informando que editoras evangélicas também exportam produções para 105 países. 
O menu gospel vai desde livros, CDs, DVDs, a agendas, brinquedos, pacotes de viagens, eventos e cartão de crédito. Começa a ganha força nesse mercado a confecção de roupas e acessórios, tanto para consumidoras cristãs adultas quanto infantis. 

ALC

Fonte: http://www.noticiascristas.com/2013/05/sexshops-receberao-manual-gospel-para.html#ixzz2U8Oz91y5 

Nenhum comentário:

Postar um comentário