sábado, 15 de junho de 2013

Daniela Mercury afirma que é errado haver programas evangélicos na TV e dispara: “Quem precisa de pastor é ovelha”

Daniela Mercury afirma que é errado haver programas evangélicos na TV e dispara: “Quem precisa de pastor é ovelha”
A polêmica entre Daniela Mercury e o pastor Marco Feliciano em torno das questões ligadas à homossexualidade despertou na cantora um senso crítico em relação às religiões.
Em seu perfil no Twitter, Daniela criticou a existência de questões que separam as pessoas e indiretamente, reprovou a participação de pastores na política ou em debates sociais: “Porque os seres humanos inventam tantas separações para seres iguais? Porque buscam maneiras de se valorizar mais que os outros? Quem precisa de pastores são ovelhas. Mais professores e educação para o convívio em sociedade. A gente está precisando se responsabilizar pela vida na terra, reza-se muito e se faz pouco pela paz aqui. Deus não quer dinheiro de ninguém”, escreveu, fazendo alusão à arrecadação de dízimos e ofertas nas igrejas.
twitter daniela mercury
O ponto de vista crítico da cantora também se estendeu contra a forma como as entidades religiosas se organizam: “Difícil não é acreditar em Deus, é acreditar nos homens.O céu e o inferno são aqui mesmo. Não adianta rezar pra Deus e maltratar pessoas”, queixou-se, antes de dizer que programas religiosos não deveriam ser veiculados nos meios de comunicação de massa: “Vivemos num país laico. O Brasil não optou por nenhuma religião. Então por que tanta evangelização na televisão e no rádio? Isso está errado! Se crenças e religiões fazem parte da cultura de um povo,por que os artistas e produtores culturais pagam tantos impostos e as igrejas não?”, questionou.
twitter_daniela mercury
Daniela Mercury também optou por dizer que, a seu ponto de vista, deve-se excluir princípios religiosos como referência para a sociedade: “Os livros que regem nossa convivência social são a constituição brasileira e a declaração universal dos direitos humanos. Não são só os cristãos que são bons,tem gente boa com dezenas de outras crenças na face da terra!”.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

8 comentários:

  1. É MUITO DIFÍCIL DÁ UMA OPINIÃO SEM ENTENDER SOBRE O ASSUNTO DANIELA, VOCÊ NÃO ENTENDE NADA SOBRE DEUS.

    JÁ QUE VOCÊ FALA DE PAZ, ENTÃO DEIXE EM PAZ OS EVANGÉLICOS, SIGA SUA VIDA DO JEITO QUE VOCÊ QUISER, VOCÊ É LIVRE.

    AGORA NÃO VENHA CALAR A BOCA DO POVO DE DEUS PORQUE QUEM MANDA NA VIDA DO SER HUMANO NÃO É VOCÊ É QUELE QUE TEM O PODER PARA DAR E TIRAR A VIDA.
    O PRÓPRIO DEUS.

    ResponderExcluir
  2. É uma doida mesmo...país laico? como se todos os feriados são católicos? ahahah faz me rir....e outra, vc não entende nada de religião, muito menos de Deus...odeia as escrituras neh menina pois ela te condena...

    ResponderExcluir
  3. Querida Daniela:
    É difícil de se falar sobre religião, fé, para pessoas tapadas(sem querer ofender), que tem suas ideologias formadas segundo aquilo que lhes são favoráveis. Bem quando você estudar sobre religião, Fé, Bíblia e quiser realmente entrar nesse assunto talvez você não fale bobagem como anda fazendo, passar bem.

    ResponderExcluir
  4. Daniela está certa. Não podemos usar o nome Deus para captar dinheiro e nem para controlar a vida dos outros como fazem os pastores gananciosos. Deus não tem nada a ver com isto. O que eles fazem é arrastar as pessoas para o lado oposto a que Jesus nos ensina que é o amor e a compreensão entre os homens. Se algum evangélico ler o evangelho saberá disso.

    ResponderExcluir
  5. Condenado são os que leem as escrituras, interpretam a seu gosto ou conforme seus interesses e pregam para pessoas que tiveram muito pouca educação e por isso fácil de serem manipuladas e as fazem entregar seu dinheiro suado e sacrificado para sustentar o luxo dos pastores ou dos padres ou de qualquer "religião" que usa moeda como caminho para salvação. Se ainda fosse para ajudar os necessitados.
    Esses estão condenados pois o próprio Jesus disse que será muito mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus. o que ele quis dizer foi o seguinte. Se um rico é rico é porque certamente houve sacrifício de outras pessoas para que se tornasse rico.Portanto evangélicos, antes de saírem condenando as pessoas por aí, leiam o evangelho e tirem a trave que ofusca o seu olho antes de querer tirar o argueiro do olho do vizinho. Quem é evangélico mesmo não condena, e sim perdoa e compreende para poder ajudar.

    ResponderExcluir
  6. ISSO AÍ DANIELA!!! FORA FANATISMO, FORA DO BRASIL!!!

    ResponderExcluir