quarta-feira, 5 de junho de 2013

“O Homem de Aço”: novo filme do Superman traz referências bíblicas e alusões a Moisés e Jesus Cristo

“O Homem de Aço”: novo filme do Superman traz referências bíblicas e alusões a Moisés e Jesus Cristo
Filmes de ficção com histórias de personagens apresentados como super-heróis são muito comuns na indústria cinematográfica de Hollywood, e com filmes recentes como “Os Vingadores”, “Homem de Ferro”, a trilogia “Batman”, entre outros, esses “heróis” voltaram à atrair grandes investimentos dos estúdios.
O personagem mais icônico desse segmento, Superman, ganhou um novo filme que estreará no Brasil em julho, chamado “O Homem de Aço”. Esse longa-metragem foi dirigido por Zack Snyder (conhecido por filmes como “300”, “Watchmen” e “Sucker Punch”, entre outros), e traz em seu roteiro diversas referências bíblicas, com alusões a Moisés e Jesus Cristo.
Superman é um símbolo do entretenimento na cultura norte-americana, criado pelos cartunistas Joe Shuster e Jerry Siegel, este segundo de origem judaica. O personagem, portanto, recebeu em suas primeiras histórias algumas referências messiânicas explícitas.
O diretor do novo filme afirma que essas referências haviam sido deixadas de lado ao longo dos anos, com as inúmeras variações de histórias contadas do personagem através dos quadrinhos ou do cinema. “A relação entre Jesus Cristo e Superman não foi inventada por nós. Existe desde a criação do personagem. Mas é uma dessas coisas que desapareceram nas últimas décadas… Eu achei que deveríamos voltar a falar dessa mitologia e da importância desse personagem e sua relevância para o momento”, explicou Zack Snyder durante a coletiva de lançamento do filme.o_homem-de-aco
De acordo com o site Omelete, o diretor afirmou que as origens do personagem possuem claras alusões ao Velho e Novo Testamento: “A mitologia da história estabelece um paralelo interessante com a história de Cristo, dando uma camada de interesse extra ao filme. Filosofia, religião, respeito aos quadrinhos, tudo isso nos interessou”.
Essa abordagem com referências bíblicas sendo usadas como parte importante do roteiro não era feita desde o primeiro filme do personagem, lançado em 1978. A iniciativa segue uma tendência recente de Hollywood, que tem investido maciçamente na produção de filmes com temáticas bíblicas.
David Goyer, roterista do filme, diz que o principal líder judeu durante o Êxodo também serviu de referência: “Moisés é outra influência. Superman tem raízes no Novo e também no Velho Testamento. Ele é um personagem messiânico e ao mesmo tempo meio Beowulf, meio Gilgamesh, entre outros heróis clássicos que representam a conciliação entre os deuses e nós”, disse, citando outros personagens de histórias em quadrinhos.
A sinopse do filme diz que a história que será contada em “O Homem de Aço” fala sobre a descoberta de Clark Kent sobre suas origens, “poderes” e responsabilidades, e sua busca por seu lugar no mundo. “Nosso objetivo foi pegar um quadrinho e levá-lo às telas da melhor maneira possível, sem preocupações com realismo e fatos do mundo real. É uma obra de ficção, mas com preocupações verdadeiras sobre o que ela representa. Superman é uma metáfora sobre encontrar seu lugar no mundo, para essa jornada. Todo mundo é incompreendido quando jovem, quando criança. Esse um sentimento universal”, resumiu Zack Snyder.
Assista ao trailer de “O Homem de Aço”:
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário