sábado, 27 de julho de 2013

Vereadora propõe lei do “carnaval gospel” em Fortaleza, para oferecer uma “festa de cunho popular diferente” aos foliões

Vereadora propõe lei do “carnaval gospel” em Fortaleza, para oferecer uma “festa de cunho popular diferente” aos foliões
O carnaval é uma festa popular associada, no Brasil, a desfiles  de escolas de samba, mulheres seminuas, alto consumo de bebidas e drogas, etc. Se a visão da festa for a partir da perspectiva evangélica mais tradicional, pode-se acrescentar à lista a prostituição e promiscuidade.
Entretanto, uma vereadora da capital cearense apresentou um projeto de lei que cria o “carnaval gospel”, sob o argumento de que a proposta criaria uma alternativa a mais para os foliões de Fortaleza.
A festa de “carnaval gospel” seria realizada paralelamente ao carnaval tradicional, com desfiles, comemorações em praças e shows de músicos evangélicos, entre outros.
“A ideia de promover o ‘carnaval gospel’ de Fortaleza, a exemplo do que já acontece em cidades como o Rio de Janeiro, Londrina, Olinda e Ouro Preto, é oferecer aos cidadãos fortalezenses uma festa de cunho popular diferente, em meio às comemorações do período de carnaval”, argumentou em nota publicada no site da Câmara dos Vereadores de Fortaleza.
De acordo com o site do jornal Diario do Nordeste, o projeto 186/2013 aguarda o parecer do vereador Benigno Júnior (PSC), que é o relator na Comissão de Legislação da Câmara Municipal de Fortaleza.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário