quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Porta dos Fundos publica vídeo-resposta ao pastor Marco Feliciano e afirma ser sobre um “ex ser humano”

Porta dos Fundos publica vídeo-resposta ao pastor Marco Feliciano e afirma ser sobre um “ex ser humano”
Depois da polêmica gerada pelas críticas do deputado e pastor Marco Feliciano (PCS-SP), ao vídeo “Oh, Meu Deus”, a produtora de vídeos Porta dos Fundos publicou um vídeo ironizando o parlamentar.
Com o título “Deputado”, a esquete publicada pelo grupo de humoristas nessa segunda feira mostra uma reunião entre um deputado e um grupo de assessores em busca de novas formas de criar polêmicas para chamar atenção da mídia.
- Estou fora da mídia há um tempo, tem três semanas que ninguém fala mais em mim, eu tô querendo voltar pra mídia, como é que faz? – questiona o deputado, interpretado por Luis Lobianco, no início do vídeo.
Ao longo da reunião, os assessores, interpretados por Antônio Tabet, Fabio Porchat e Rafael Infante, fazem uma série de sugestões de temas polêmicos ao deputado incluindo temas como homossexualismo, a cantora de funk Anita, o nazismo, AIDS, e negros. Diante dos temas, o deputado escolhe aqueles que julga serem mais polêmicos, e pede para que um de seus assessores publique mensagens no Twitter sobre o tema.
- O nazismo teve seus benefícios. #prontofalei – sugere o suposto deputado, que pede também para o assessor tuitar a frase “A AIDS foi providência divina”, e pede para gravarem um culto em que irá falar mal do papa para que o vídeo seja publicado na internet.
Apesar de não citar o nome do deputado, o vídeo faz referências diretas a Marco Feliciano, incluindo piadas sobre recentes polêmicas nas quais o deputado esteve envolvido. No making of do esquete, Lobianco descreve seu personagem como “um deputado pastor, que faz chapinha, e que é fundamentalista, que é preconceituoso, que é intolerante”.
- Tirem suas conclusões – afirma o ator, depois de descrever seu personagem. Lobianco diz ainda que o vídeo é uma “homenagem ao Canal Senado” e que foi “convocado a partir do que está acontecendo nas redes sociais e nos jornais”.
- Muita gente vai assistir e vai identificar os absurdos que acontecem no Brasil – completou o ator.
Fabio Porchat, fundador do Porta dos Fundos, afirma que não se trata de um vídeo resposta, mas de um vídeo “para falar desse pessoal que quer estar na mídia”.
- Esse pessoal que pega assunto e surge do nada, esse pessoal que sempre quis ser ex-BBB – completa Porchat, que conclui classificando o alvo de seu vídeo como um “ex-ser humano”.
Assista ao vídeo:
O conteúdo abaixo pode ser considerado ofensivo.
Assista ao Making of:
Mais críticas
A cantora Clarice Falcão, também integrante do grupo Porta dos Fundos e namorada de Gregorio Duvivier, um dos fundadores do coletivo, também criticou o pastor Marco Feliciano recentemente. No último dia 23 de agosto em um show no Circo Voador, no Rio de Janeiro, Clarice ironizou as críticas do deputado afirmando que “o Porta dos Fundos me trouxe muitas coisas, mas a melhor foi a ameaça de protesto do deputado Marco Feliciano”, segundo ela. A cantora, conhecida por suas músicas irreverentes e sobre relacionamentos, disse também que “na minha religião a coisa mais sagrada do mundo é as pessoas poderem se amar como elas quiserem”, disparou ela.
Até o fechamento desta reportagem o Pastor Marco Feliciano ainda não havia se pronunciado sobre o assunto.
Por Dan Martins e Renato Cavallera, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário