sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Pastor evangélico Terry Jones é preso ao tentar queimar quase 3 mil exemplares do Alcorão

Pastor evangélico Terry Jones é preso ao tentar queimar quase 3 mil exemplares do Alcorão
O pastor Terry Jones, mundialmente conhecido por ter queimado exemplares do alcorão, foi preso na última quarta-feira, 11 de setembro, pela polícia da cidade de Mulberry, no estado norte-americano da Flórida.
No dia das homenagens às vítimas do atentado terrorista de 11 de setembro, Jones carregava em sua pick-up uma churrasqueira e 2.998 exemplares do livro sagrada do islamismo embebidos em querosene.
A ideia de Jones era atear fogo aos exemplares do alcorão, em protesto aos atentados terroristas. A quantidade de livros é correspondente à quantidade de vítimas dos ataques orquestrados pela Al-Qaeda, informou a rede de televisão portuguesa RTP.
Jones estava acompanhado do também pastor Marvin Sapp. Ambos foram detidos pela polícia minutos antes de iniciarem a queima do material religioso.
Como o polêmico pastor de 61 anos havia anunciado seu protesto, a Polícia se preparou para eventuais tumultos, e acabou prendendo-o por transporte ilegal de combustíveis e porte de arma.
Por Tiago Chagas

Fonte:  
Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário