domingo, 22 de setembro de 2013

Terror: homens-bomba atacam igreja cristã e deixam ao menos 56 mortos no sul do Paquistão, região predominantemente muçulmana


Ataque deixou diversas pessoas feridas no PaquistãoA. MAJEED / AFP
Um ataque suicida de vários homens-bomba na porta da igreja All Saints, no Paquistão, deixou pelo menos 56 pessoas mortas e centenas feridas. De acordo com as autoridades locais, este foi um dos piores ataques contra cristãos no país predominantemente muçulmano do sul da Ásia.

A violência religiosa e ataques a forças de segurança têm aumentado no Paquistão nos últimos meses, minando os esforços do primeiro-ministro, Nawaz Sharif, de domar a insurgência após chegar ao poder, em junho.
Segundo uma testemunha que não quis se identificar, foram duas explosões e pessoas começaram a correr.
— Restos humanos foram espalhados por toda a igreja.
Os cristãos compõem cerca de 4% da população do Paquistão de 180 milhões. Ataques a áreas cristãs ocorrem esporadicamente em todo o país.

Em 2009, 40 casas e uma igreja foram incendiados por uma multidão de mil muçulmanos na cidade de Gojra, na província de Punjab. Pelo menos sete cristãos foram queimados até a morte. Dezessete cristãos foram mortos em um ataque a uma igreja em Bahawalpur em 2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário