terça-feira, 11 de março de 2014

Evangelista supera deficiência física para pregar o evangelho e mobiliza multidões


Evangelista supera deficiência física para pregar o evangelho e mobiliza multidões
Um evangelista da República Dominicana tem encarado suas maiores dificuldades físicas para levar pregar o evangelho por onde passa. Manuel Martínez Febles, de 40 anos, sofreu poliomielite quando tinha três anos e nove meses de idade, o que afetou sua capacidade de se mover, mas isso não se tornou obstáculo para o exercício de seu ministério.
Apesar de ter dificuldade para mover as pernas, o que prejudica sua locomoção e também sua postura física, Febles tem mobilizado multidões, e levando centenas de pessoas à conversão ao evangelho em muitos lugares na República Dominicana e em diferentes lugares onde é chamado a pregar.
De acordo com o jornal Diario Libre, Febles é admirado por muitas pessoas por seu “valor espiritual inestimável”, e tem sido citado como um dos pregadores evangélicos mais populares de seu país. Sua pregação, marcada por sua força de vontade e confiança ao falar, tem marcado a vida de muitas pessoas, em conferências e cultos nos quais é convidado a pregar.
O pregador conta que já sofreu muito preconceito por causa de sua deficiência, desde sua infância, quando era chamado de “menino macaco” pelas outras crianças quando jogava bola em sua vizinhança, até quando pediu sua esposa em casamento. Ele relata que quando pediu Maria Luisa, hoje sua esposa, em casamento foi rejeitado pela família dela, que duvidava de sua capacidade de manter uma família e até mesmo de ter filhos.
Hoje, com dois filhos, Maria Luisa afirma ser uma mulher completamente feliz por ter Manuel Martinez como marido e afirma: “Apesar de sua deficiência, ele me deu tudo, é amoroso, bom homem e um excelente pai”.
Afirmando que muitos, apesar de terem as duas pernas, se limitam a projetar a realizar, o pregador alerta para que as pessoas deixem suas limitações de lado e se aproximem de Deus.
"Está na hora de acabar com as limitações, com o pecado, para se aproximar de Deus, porque os dias são maus e perigosos, tendo caminhos que parecem direitos ao homem, mas são os caminhos da morte " afirma o pregador.

Fonte: Gospel Mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário